SEST SENAT em Montes Claros é pioneiro em energia solar no Brasil

 


           Painéis fotovotaicos vão gerar energia elétrica e economia ao SEST SENAT

A unidade de Montes Claros (B-33) do SEST SENAT investiu R$ 349 mil na implantação de sistema de geração de energia solar fotovoltaica. A usina tem potência final de geração de 92,07 kilowatts (kw), por meio de 279 placas fotovoltaicas, com previsão de vida útil para 30 anos.

O custeio mensal de conta em energia elétrica, no SEST SENAT em Montes Claros, girava em torno de R$ 12 mil, segundo a direção da unidade. Com a usina, vai pagar a taxa mínima, e a geração excedente será revertida em compensação via crédito para outras unidades SEST SENAT em Minas Gerais.

Com isso, a cada KWp deixado de ser consumido, fortalecerá a rede estadual para o atendimento das demandas da comunidade. Usina solar fotovoltaica começou a funcionar em julho de 2018, e a previsão é que o investimento tenha retorno em três anos.

Assim, evidenciam-se benefícios não somente ponto de vista econômico, mas também na sustentabilidade das atividades do SEST SENAT em Montes Claros.

Inovação

O engenheiro eletricista do SEST SENAT e responsável pela fiscalização da obra da usina, João Carneiro Neto, explica que a energia solar é limpa e renovável e não depende de hidrelétricas, como da Usina de Três Marias, principal geradora para a região norte de Minas Gerais e onde vem caindo a capacidade de geração de energia devido à baixa vazão de água.

A supervisora do Conselho Regional SEST/SENAT em Minas Gerais, Dora Machado, conheceu de perto o empreendimento e disse que as novas unidades SEST SENAT que serem construídas no Brasil, devem adotar o modelo de implantação de energia solar e já vão iniciar suas atividades gerando sua própria energia, seguindo o exemplo de Montes Claros.

“É com muita satisfação que inauguramos a usina na unidade SEST SENAT em Montes Claros. Trata-se de um projeto e atitude pioneira da diretoria regional, o que vai gerar energia limpa, não só para a Unidade de Montes Claros, mas também para outras unidades SEST SENAT em Minas Gerais”, comemora a supervisora, que elogiando o comprometimento da diretora do SEST SENAT em Montes Claros, Teresa Cristina Mendonça Fernandes, para a concretização do projeto.

 

Com informações de Núbia Primo/jornalista.